terça-feira, 6 de março de 2012

Amigo de Intelectuais


O sr. Francisco, dono do mini-mercado e do snack-bar que ficam de fronte da casa do U., disse-me que "era uma vergonha que, sendo eu amigo de intelectuais, tivesse um tão mau comportamento" (Referia-se ao U., que é seu cliente;........ "Mas sr. Francisco" respondi-lhe eu, à maneira de Júlio Dinis, "o sr. disse: os intelectuais são eles; eu sou apenas seu amigo.
Como posso comportar-me tão bem?"

Sebastião Alba
Ventos da Minha Alma
2006, ed. Quasi
desenho de Isabel de Sá

1 comentário:

GRAÇA MARTINS disse...

Tão fofo o texto e a ilustração. Foi bom começar assim o dia!!!