segunda-feira, 3 de agosto de 2009

uma mensagem de esperança...

Um homem é um homem, mas um homem bonito é outra coisa.


Louise de Vilmorin

6 comentários:

sleeping beauty disse...

sem dúvida. Como diz Isabel de Sá, no seu poema, "sem beleza não se aguenta estar vivo"
Quem teve a sorte de ser comtemplado pelo nascimento, com uma beleza inscrita no rosto, nos cabelos, no corpo em geral, já devia sentir-se feliz 24 horas.
Infelizmente esta receita não resulta. Só completado com a beleza da alma, e essa não temos a certeza que exista, e também nao revela visibilidade concreta.

Supermassive Black-Hole disse...

A Safo até colocou a questão ao contrário:

quem é bom
é subitamente belo...

podemos dizer que "ser outra coisa faz de um homem bonito", se calhar

sleeping beauty disse...

A Safo tinha razão. A bondade ou generosidade ilumina um rosto.
A MALDADE revela fealdade. Olha o caso das bruxas, sempre a fazerem maldades e cheias de borbulhas e excrescências nos narizes grandes e deformados.

Supermassive Black-Hole disse...

ou então a Sarah Pallin com aquela fronha nojenta, que condiz perfeitamente com a atrocidade que é enquanto pessoa.
Ou, porque não, aquele ar azeiteiro que tinha o Salazar...

sleeping beauty disse...

podes juntar a esse grupo o Vasco Pulido Valente e a Santa Lurdes educadora, sem maçã vermelha envenenada, substituida pelos concursos a professores titulares...

Supermassive Black-Hole disse...

sim, sim, muito bem visto. E já agora o José Eduardo Moniz e o Miguel Esteves Cardoso