terça-feira, 30 de dezembro de 2008

13



um corpo é certo: o teu......... sem dúvida
prudentemente decorado na esteira da saliva
como em tempos se refazia de memória o mapa da europa
seus rios e vales feericas montanhas planícies
nomes de lugares como contos de fadas sítios de batalhas
os ilustres heróis os mares o oceano flanqueando-a
mil vezes assoladas outras tantas ou mais
do caos recuperada........ lúbrico jogo de vontades e poderes
-o teu corpo assim mesmo apaixonadamente
decorado para que nunca o perca.





WANDA RAMOS
"Poe-Mas-Com-Sentidos"
1986- ulmeiro (esgotado)




imagem:
GRAÇA MARTINS
"O Segredo"

2 comentários:

sleeping beauty disse...

Meninas leoninas de outros tempos, sem dúvida.
A inocência e a vergonha. A descoberta do corpo. Onde existir um leão há fogo, podes crer.
Um perigo na savana...
Obrigada pela lembrança e cuidado com o fogo...já que leões, há sempre algum perto de nós.Tanto aquecem e despertam os sentidos como queimam. Cuidado com o Inferno. A postagem é muito quente, as cores...e o poema.

Um beijo
Graça

Supermassive Black-Hole disse...

sim, gosto muito de leões, como sabes...

"na esteira da saliva"...